Restaurar e reparar a doença de Lyme com peptídeos



O que são peptídeos?


Em suma, os peptídeos são cadeias de aminoácidos que se ligam diretamente aos sinais enviados entre as células do seu corpo. Parece confuso, não é? Seu verdadeiro trabalho é ajudar seu corpo a usar suas próprias habilidades inatas de cura para se mover em direção à saúde ideal.


Essas sequências de aminoácidos podem conter de 2 a 40 aminoácidos individuais. Estes são um pouco menores do que muitas proteínas regulares no corpo, tornando-os fáceis de processar e utilizar pelo nosso sistema.


Por mais que pareça algo novo, os peptídeos vêm sendo pesquisados há bastante tempo, sendo o primeiro peptídeo terapêutico a insulina, descoberta em 1921.


Cada peptídeo tem sua própria função única. Por exemplo: alguns podem atuar como hormônios, enquanto outros funcionam como neurotransmissores. Alguns podem até ter interações diretas com o corpo como resposta às atividades que você realiza ou até mesmo a algo que você come.


Os peptídeos desempenham um papel importante na forma como seu corpo responde à dieta, ao exercício, a doenças e a como seu corpo se recupera. Se problemas de fadiga, baixa resistência, má recuperação ou lesão e cura são preocupações, os peptídeos podem acelerar as melhorias.


O que é Terapia Peptídica?


Pesquisadores e clínicos estão olhando para os peptídeos como um avanço na medicina devido às suas ações rejuvenescedoras para nossas funções físicas e mentais. Atualmente, existem mais de 80 medicamentos peptídicos aprovados pela FDA dos EUA.


A terapia peptídica tem baixa toxicidade, alta potência e especificidade, alta diversidade química e biológica, e tem demonstrado um aumento comprovado no crescimento celular. Muitos peptídeos que foram desenvolvidos e formulados apresentam perfis promissores de segurança, eficácia e tolerabilidade.


Para que a Terapia Peptídica pode ser usada:


Melhorar a função imunológica

Citoproteção e neuroproteção

Reparação de tecidos

Diminuição do tecido adiposo

Cicatrização pós-cirúrgica

Recuperação pós-treino

Melhorias no tom e integridade da pele

Melhorias no crescimento do cabelo

Redução da dor

Cicatrização de feridas

Foco cognitivo

Ansiedade ou Depressão

Um dos grandes benefícios dos peptídeos terapêuticos é que eles podem ser personalizados para qualquer processo celular, e estudos mostraram que podem ser mais fáceis de serem absorvidos pelo corpo devido à sua natureza elementar.


Como os peptídeos são aplicados?


Quando se trata de terapia com peptídeos, as injeções subcutâneas tendem a ser a forma mais popular. Isso ocorre porque a injeção permite que o peptídeo entre na corrente sanguínea mais rapidamente e possa ser utilizado pelo corpo com mais eficiência. No entanto, alguns peptídeos estão disponíveis em outras formas, como cápsulas orais, loções/cremes tópicos ou até sprays nasais. Cada tipo de peptídeo pode ter sua própria maneira única de ser aplicado, dependendo do uso pretendido.


Peptídeos e doença de Lyme


As terapias de peptídeos são um dos mais novos tipos de suporte que alguns com doença de Lyme estão usando. Neste artigo, discuto os atuais peptídeos orais que estão disponíveis como suplementos.


Peptídeos orais

Peptídeos são cadeias curtas de aminoácidos. Em comparação, longas cadeias de aminoácidos de 50 ou mais são chamadas de proteínas. Peptídeos ocorrem naturalmente em nossos corpos. Alguns desses peptídeos têm várias propriedades curativas.


BPC-157

O ingrediente chave pode:

Promover a função intestinal saudável

Modular a função imune saudável TH1 e TH2

Ajuda na reparação de tecidos de articulações, tendões, ligamentos e nervos

Promover a função saudável das mitocôndrias (fábrica de energia celular)

Equilibrar a ativação de mastócitos


Cerebrolisina

O ingrediente chave pode:

Promover a função cognitiva saudável e a saúde do cérebro

Reparar lesão cerebral devido a acidente vascular cerebral, infecção ou trauma

Promover a função imunológica saudável no cérebro


Fragmento Ativo Timosina Beta 4

O ingrediente chave pode:

Modular a função imune saudável TH1 e TH2

Auxiliar no reparo tecidual

Apoiar a função saudável das mitocôndrias (fábrica de energia celular)

Inibir a ativação de mastócitos


Peptídeos de Colágeno

O ingrediente chave pode:

Melhorar a saúde da pele, cabelo, unhas, articulações, tendões e ligamentos

Promover a elasticidade da pele e tecidos conjuntivos articulares

Reduzir linhas finas e rugas da pele

Ajudar a manter a aparência da pele jovem



Como usar peptídeos na toxicidade da doença de Lyme


Aqui está a abordagem de peptídeos que está sendo usada com alguns pacientes nos EUA.


Comece com BPC-157

Um bom lugar para iniciar um programa de suporte de peptídeos é tomar BPC-157 500 mcg 1 comprimido 2 vezes ao dia. Ao longo de um mês, uma pessoa pode aumentar até 3 comprimidos 2 vezes ao dia, se necessário, mas geralmente 1 comprimido 2 vezes ao dia é suficiente.


Acredita-se que é muito útil para reparar tecidos que são feridos pela inflamação de Lyme. Isso está ajudando com dores nas articulações, dor e dormência nos nervos e até mesmo na função cerebral. Além de reparar o tecido, o BPC-157 melhora o combate aos germes, pois equilibra a função imunológica saudável entre as células TH1 que combatem os germes e as células TH2 autoimunes e alérgicas. Porque suporta a função das mitocôndrias, isso pode ajudar com energia. E para aqueles com ativação de mastócitos, também pode trazer benefícios.


Adicionar Fragmento Ativo de Timosina Beta 4

Após um mês, se os benefícios do BPC-157 não forem suficientes, considere adicionar Thymosin Beta 4 Active Fragment (TB4-Frag) 150 mcg - 300 mcg 1 comprimido 2 vezes ao dia para distúrbios de ativação de mastócitos, baixa energia e inflamação. TB4-Frag é encontrado em TB4-Frag e TB4-Frag Max por Integrative Peptides.


Adicionar Cerebrolisina

Depois de mais um mês, considere adicionar Cerebrolysin se persistirem problemas cognitivos significativos. Cerbrolisina é encontrada em Cerbropep por Integrative Peptides. Comece com 1 comprimido por dia e aumente para 1 comprimido 2 vezes ao dia, se necessário.


Adicionar Peptídeos de Colágeno

Considere adicionar 1 colher por dia de Thorne Collagen Plus, que inclui os peptídeos de suporte ao colágeno que mencionei acima, se uma pessoa precisar de suporte para a pele, articulações frouxas ou lesão do tecido conjuntivo nos ligamentos e tendões ao redor das articulações.


As empresas que trabalham com os peptídeos citados nos EUA:


Integrative Peptides: https://integrativepeptides.com/


Thorne: https://www.thorne.com/products/dp/collagen-plus

109 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo